Febre amarela » Esforço para salvar vidas Esforço para salvar vidas Hospital Eduardo de Menezes, na região do Barreiro, instala telas com inseticida nas janelas para evitar a transmissão urbana da febre amarela por meio do Aedes aegypti

Aumento de casos e mortes e baixa cobertura vacinal da população levam a uma corrida para conter o surto

O número de casos suspeitos da doença no Leste e no Nordeste do estado saltou para 152, com 37 considerados prováveis (já com um primeiro exame positivo). E as mortes chegaram a 47, com 22 prováveis. Para aumentar a preocupação, menos da metade da população mineira (49,7%) é vacinada e o índice de letalidade da febre amarela nos últimos nove anos no Brasil é de cerca de um óbito a cada duas pessoas infectadas. Por isso, o governo estadual se apressa para barrar o avanço do mal. Além do envio de 762 mil doses de vacina para as superintendências responsáveis por 152 cidades em situação de emergência, está sendo negociada a abertura de 80 leitos específicos para pacientes suspeitos da doença em um hospital de Teófilo Otoni e dois de Caratinga. Equipes do Hospital Eduardo de Menezes, em BH, que tem 42 leitos para febre amarela, foram a essas cidades ajudar na triagem de pacientes que devem ser transferidos para a capital. (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)



Política » Temer quer cinco novos presídios em um ano Presidente deu o prazo ao ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, para que conclua a construção das cinco unidades federais. Hoje, haverá reunião do ministro com os secretários de Segurança dos estados para buscar soluções para a crise. Amanhã, Temer se reúne com governadores para assinar compromissos do Plano Nacional de Segurança.


Aguarde, procurando programas...
D S T Q Q S S